Sobre Nós

A Rede de Viveiros de Mudas Nativas do Vale do Ribeira foi criada em 2011, a partir de  uma parceria entre o Instituto Vidágua e  UNESP – Campus de Registro. A demanda por estas ações foi evidenciada durante os primeiros meses da Campanha “Cílios do Ribeira”, desenvolvida em parceria pelo Instituto Ambiental Vidágua e o Instituto Socioambiental, quando foi levantada a demanda pela  produção de mudas de boa qualidade, dentro dos parâmetros legais vigentes e de melhorias de processos nos viveiros existentes, inclusive na formatação de Planos de Negócios.
As primeiras ações contemplaram um diagnóstico da produção de mudas no Vale do Ribeira, onde foram catalogados 23 viveiros em atividade. Foram realizados cursos de capacitação sobre a coleta de sementes e produção de mudas nativas para  produtores, técnicos e estudantes e realizado o “1° Encontro de Produtores de Mudas do Vale do Ribeira”, onde foi articulada a  formação da Rede.
O projeto inicialmente  financiou a construção de um viveiro de mudas na UNESP de Registro. Essa estrutura tem um papel importante nas ações de ensino, pesquisa e extensão na Universidade, além de servir como unidade didática. Desde sua construção, várias ações têm sido desenvolvidas, destacando-se a doação de mudas de espécies nativas produzidas por alunos da UNESP (cerca de 50.000) para a restauração de matas ciliares, plantios de mudas, apoio à Rede Municipal de ensino. Durante esses anos a unidade tornou-se referência nessa temática sendo também utilizada para o desenvolvimento de pesquisas.
 
Os principais resultados das ações desde a articulação da rede foram:
1. Formação de grupos de discussão entre os viveiristas sobre a atividade
2. Geração de renda devido ao aumento na comercialização de mudas
3. Acesso a novos mercados
4. Melhoria da qualidade das mudas